parallax background
Amar e …
14 de June de 2017
Mulheres que amam demais
22 de June de 2017
 
V oltando para dentro


Você tem procurado entrar em contato com seu mundo interior? Meditar tem significado uma busca constante pelo desejo de algo? Voltar-se para dentro significa simplesmente, perseguir incessantemente seu Eu verdadeiro, mas o que tem obtido e tão somente, por repetidas vezes, frustação e infelicidade?! Não existe nenhum preenchimento por meio dos desejos. Você nunca chegará a lugar algum, quando o que busca e algo que vem do ego. Este contentamento é impossível.
Percebendo a verdade de que correr atrás de desejos não leva a lugar nenhum, você acaba parando. E você não faz nenhum esforço para parar. Porque se você fizer algum esforço para parar, de uma maneira sutil você ainda estará correndo atrás de alguma coisa novamente. Você ainda está desejando algo e agora, seja a ausência de desejo o seu maior desejo.
Fazer esforço para Voltar-se Para Dentro, significa que você ainda esta desejando algo e assim, saindo de si mesmo. Você não precisa ir, voltar, viajar, fazer nada para se encontrar. Você não esta em nenhum lugar senão aqui. Você não esta, você e. Quando você compreende isso, o movimento, a procura e o desejo cessam.
Quando não há mais nenhum desejo obscurecendo a sua mente, você está dentro. Chamamos isso de voltar-se para dentro. Percebe que não se trata de um deslocamento e sim, de Ser.
Uma forma de atingirmos esse estado e aprendermos a desenvolver a capacidade de manter certo distanciamento da mente, porque isso é uma grande benção. De fato, esse é o grande objetivo da meditação - não ficar entoando algum mantra nem repetindo uma afirmação, mas ficar simplesmente observando, como se a mente pertencesse a alguma outra pessoa. A essa altura, você está pronto para ter este distanciamento, e assistir à exibição sem se envolver no drama.
Permita-se a liberdade singela de voltar-se para dentro sempre que puder, e a aptidão para a meditação crescerá e se aprofundará em você.
O objetivo aqui e que você aprenda a ser seu próprio observador. Observe suas ações como se estivesse num teatro, sentado na plateia, assistindo a você mesmo representando seu papel. Observe seus gestos, o tom da sua voz, as palavras que diz, as imagens que constrói enquanto interage num relacionamento. Mas observe calmamente, sem julgar, condenar ou acusar.
Mude o olhar que te olha. Se olhe de forma gentil e sem julgamentos. Volte-se para dentro e aprenda a meditar na sua verdade mais pura. Medite apenas por se observar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *